Ensino e Aprendizagem sobre o Holocausto

A importância do respeito pelo Outro

Iniciativas europeias e nacionais para a preservação da memória do Holocausto. Instrumentos pedagógicos de apoio ao ensino.

Campo de concentração

(…) O Holocausto foi uma tragédia europeia, um ponto de viragem na nossa história, e o seu legado faz parte do ADN da União Europeia. (…)
Não podemos mudar a história, mas as lições da história podem mudar-nos a nós.
Ursula von der Leyen, Charles Michel, David Maria Sassoli
Presidente da Comissão Europeia, Presidente do Conselho Europeu,
Presidente do Parlamento Europeu, 23 de janeiro de 2020


Destaques:

Prémio Presidente de Município Paweł Adamowicz - Candidaturas até 31 de outubro de 2022
Cidade de Gdańsk, Comité das Regiões Europeu e a Rede Internacional de Cidades de Refúgio (ICORN)
Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto 2022
Parlamento Europeu
Mensagem escrita da presidente do Parlamento Europeu, Roberta Metsola para o Congresso Judaico Europeu
26.01.2022
Mensagem vídeo da presidente do Parlamento Europeu, Roberta Metsola na sessão solene do Parlamento Europeu
Cerimónia solene no Parlamento Europeu com a participação de Margot Friedländer, sobrevivente do Holocausto
27.01.2022 

Conselho Europeu
Mensagem do Presidente do Conselho Europeu Charles Michel [en]
27.01.2022

Comissão Europeia
Mensagem da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, para o Congresso Judaico
Declaração escrita | Vídeo
26.01.2022
Comissão adere à campanha #WeRemember e ilumina a sua sede
Comunicado de Imprensa  [en] | 
Comissão Europeia | 26.01.2022

Mensagem do Governo de Portugal
Por ocasião do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto 2022
Portal Diplomático | 27.01.2022

+ Notícias


Enquadramento

A União Europeia encontra-se assente em valores e direitos alicerçados no património histórico-cultural comum, contudo, certos movimentos emergentes colocam em causa valores como a tolerância e a democracia que sempre nortearam a construção europeia em respeito pelas sociedades europeias multiculturais e pluralistas. 
Neste sentido, a União Europeia considera que a preservação da memória europeia, a educação e a investigação são instrumentos fundamentais para prevenir o antissemitismo e o racismo e, por isso, tem lançado várias iniciativas/ações.

Contributo da UE para preservar na memória europeia o Holocausto 

Mensagem da presidente Ursula von der Leyen para o Congresso Judaico Europeu no Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto 2022

Declaração escrita

Vídeo


Mensagem da Presidente Roberta Metsola na reunião plenária especial por ocasião do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto 2022 

 

Entre as várias iniciativas destaque para:

  • Homenagem do Parlamento Europeu a Simone Veil
    Simone Veil foi sobrevivente do Holocausto e a primeira mulher a ocupar o cargo de presidente do Parlamento Europeu em 1979. 
    Em 2017, o Parlamento Europeu prestou-lhe homenagem e atribuiu o seu nome à praça em frente ao Edifício principal, em Bruxelas. Simone Veil defendeu que o Holocausto nunca deveria ser esquecido e deveria estar presente no ensino dos diversos Estados. [vide  o seu discurso Como podemos ensinar sobre o Holocausto no século 21? [en] proferido em 2002 no Conselho da Europa]
  • Celebração do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto - 27 de janeiro
    Desde que este dia foi instituído pelas Nacões Unidas, em 2005, que  a UE se associa às celebrações para que o Holocausto não seja esquecido.
  • Parceria entre a UE e a IHRA – International Holocaust Remembrance Alliance (Aliança Internacional para a Memória do Holocausto)
    Estabelecida a 29 de novembro de 2018, esta parceria permite à UE uma cooperação mais estreita no combate à negação do Holocausto e na prevenção do racismo, xenofobia e antissemitismo. Conheça os princípios que norteiam a IHRA, inscritos na Declaração de Estocolmo de 2000 que deu origem à sua fundação.
  • Financiamento de uma Infraestrutura europeia de Investigação sobre o Holocausto European Holocaust Research Infrastructure (EHRI) - em parceria com Israel e Estados Unidos.
  • Programa Europa para os Cidadãos (quadro financeiro 2013-2020), através do qual foi possível financiar vários projetos sobre o Holocausto na vertente Memória Europeia.
  • Programa Cidadãos, Igualdade, Direitos e Valores, (quadro financeiro 2021-2027), que tem como principal objetivo defender e promover os direitos e os valores consagrados nos tratados da UE, nomeadamente, através do apoio a organizações da sociedade civil, apoiando sociedades abertas, democráticas e inclusivas.
  • Estratégia da UE para combater o antissemitismo e promover a vida judaica
    A 5 de outubro de 2021 a Comissão Europeia lançou a estratégia para prevenir e combater o antissemitismo, promover a vida judaica e educar, estudar e salvaguardar a memória do Holocausto. Entre as medidas propostas, incluem-se medidas para intensificar a cooperação com as empresas tecnológicas na luta contra o antissemitismo na Internet, para proteger mais eficazmente os espaços públicos e locais de culto, uma plataforma europeia de investigação sobre o antissemitismo contemporâneo e a criação de uma rede de locais onde o Holocausto foi uma realidade. Saiba mais  através do comunicado de imprensa, das perguntas e respostas [en]  e da ficha informativa [en].
     

Portugal e a Preservação da Memória sobre o Holocausto

Entre as várias iniciativas destacamos:

Outras iniciativas em Portugal