Enquadramento e objetivos

Contributo para ecossistemas de inovação abertos e dinâmicos

Como combinar a inovação para melhorar a vida dos cidadãos e o seu modelo de governação aberta e colaborativa

Enquadramento e objetivos | Capitais Europeias de Inovação

Enquadramento 

Para ganhar a distinção de Capital Europeia de Inovação (iCapital)  podem participar as cidades com mais de 100 000 habitantes dos Estados-Membros da UE e dos países associados ao Horizonte 2020 que demonstrem uma visão e uma prática de governação aberta assente num diálogo constante com os cidadãos, as associações e os peritos.  

O primeiro concurso teve lugar em 2014. Os prémios são concedidos no âmbito do programa Horizonte 2020, o programa-quadro de investigação e inovação da UE. Para a cidade vencedora é atribuído um prémio pecuniário de 1 milhão de EUR e para as cidades finalistas uma compensação na ordem dos 100 000 EUR cada para promover e expandir a sua prática de inovação. 

Objetivos

Alguns dos objetivos desta iniciativa passam por:

  • distinguir cidades que contribuam para ecossistemas de inovação abertos e dinâmicos, que envolvam cidadãos no processo de decisão e que utilizam a inovação para melhorar a sustentabilidade das suas cidades; 
  • reconhecer a sua capacidade de tirar partido da inovação para melhorar melhorar a resiliência urbana e a sustentabilidade com processos democráticos inclusivos e governação aberta; 
  • implicar os seus cidadãos na resposta a desafios como a eficiência energética, o envelhecimento da população, a transformação digital e a inclusão social; 
  • enaltecer a qualidade do diálogo com os cidadãos e do dinamismo do ecossistema de inovação metropolitana.