Guerra na Ucrânia: A desinformação

Bandeiras UE - Ucrânia

Destaque:

The other side of War: disinformation 
Artigo de Ricardo Menna Barreto, Universidade do Minho | 22.03.2022
Ucrânia: sanções contra os meios de difusão apoiados pelo Kremlin Russia Today e Sputnik
Comissão Europeia | 02.03.2022


A 24 de fevereiro de 2022 a Rússia invadiu a Ucrânia. A União Europeia condenou de forma firme a agressão militar não provocada e injustificada da Rússia contra a Ucrânia. Nas palavras do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, a 1 de março de 2022 “Não é só a Ucrânia que está a ser atacada. O direito internacional, a ordem internacional assente em regras, a democracia e a dignidade humana estão também a ser atacados. Isto é terrorismo geopolítico, puro e simples.”

No âmbito da solidariedade manifestada para com a Ucrânia que se traduziu em várias medidas encontra-se o combate à desinformação e o desmascarar dos mitos que visem a Ucrânia.

Conheça a análise efetuada pelo Observatório Europeu dos Meios de Comunicação Digitais (EDMO) e pela plataforma EUvsDisinformation - Projeto do Serviço Europeu de Ação Externa sobre a desinformação no âmbito da invasão da Ucrânia.