Incentivo Fiscal à Recuperação

Visa apoiar até 25% o investimento das empresas no segundo semestre de 2022 e aplica às empresas que realizem investimentos durante o período de 1 de julho até 31 de dezembro de 2022

Incentivo Fiscal à Recuperação

Trata-se de um crédito fiscal, previsto no Orçamento de Estado 2022, criado para as despesas de investimento na aquisição de ativos fixos tangíveis, ativos intangíveis e ativos biológicos não consumíveis, que sejam feitas dentre 1 de julho e 31 de dezembro de 2022, permitindo-se a dedução à coleta de IRC até 25% das novas despesas de investimento.

O limite de investimento elegível é 5.000.000 de euros.
Empresas constituídas a partir do início do ano de 2021 apenas poderão deduzir 10% das despesas elegíveis.

Objetivo

  • Ajudar ao incremento do investimento empresarial, garantindo-se a manutenção dos postos de trabalho nas empresas beneficiárias, bem como a não distribuição de dividendos por um período de três anos.

Beneficiários

  • Sujeitos passivos de imposto sobre o rendimento das pessoas coletivas (IRC) que exerçam, a título principal, uma atividade de natureza comercial, industrial ou agrícola.

Ligações úteis