Rede Europeia de Capitais Verdes

Exclusivamente dedicada às cidades vencedoras e finalistas do Prémio alusivo

Sob o lema: informar, trocar e crescer

Rede de Capitais Verdes Europeias

Contexto 

O conceito da Rede Europeia de Capitais Verdes foi criado em 2014 quando a cidade de Copenhaga venceu o Prémio Capital Verde da Europa.

A Rede serve como uma plataforma de mudança, representando cidades europeias em relevantes processos políticos europeus e globais.

É presidida pela Comissão Europeia em estreita cooperação com a cidade laureada do ano em curso e expande-se automaticamente com cada ciclo de Capital Verde da Europa.

Membros

Todas as cidades vencedoras e finalistas anteriores do Prémio Capital Verde da Europa são elegíveis para se tornarem membros desta Rede, contribuindo e beneficiando do conhecimento coletivo.

Os membros atuais são: Amesterdão, Barcelona, ​​Bristol, Bruxelas Copenhaga, Essen, Frankfurt, Friburgo, Gante, Glasgow, Hamburgo, 's-Hertogenbosch, Lahti, Lille, Lisboa, Ljubljana, Malmö, Münster, Nantes, Nijmegen, Nuremberga, Oslo , Reykjavik, Estocolmo, Estrasburgo, Tallinn, Umeå e Vitoria-Gasteiz.

O compromisso político dos membros da Rede de colocar a sustentabilidade no centro das políticas locais faz deles fortes defensores do desenvolvimento urbano sustentável com impacto na Europa. Para o efeito, não só trocam boas práticas, desafios e possíveis soluções entre si, mas também incentivam outras cidades europeias a caminhar para um futuro mais sustentável, fornecendo orientação e apoio.

Workshops e kits de ferramentas

Durante o período 2018-2020, a Rede tem vindo a assegurar a realização de workshops internos especializados em quatro visões temáticas para as cidades europeias sustentáveis.

  • Prova do futuro

[Temas principais: Adaptação às alterações climáticas, resiliência, fontes de água sustentáveis ​​e ecossistemas]

  • 100% renovável

[Temas principais: Mitigação das alterações climáticas e transição para cidades livres de combustíveis fósseis]

  • Desperdício Zero

[Temas principais: Gestão sustentável de resíduos, economias circulares e consumo responsável]

  • Escala humana

[Temas principais: Planeamento urbano integrado e mobilidade sustentável, espaços verdes, comunidades inclusivas]

Com base na dinamização destes workshops, a Rede está a desenvolver kits de ferramentas (toolkits), fornecendo recomendações e estratégias para cidades fora da rede.

Secretariado

E-mail de contacto do Secretariado da Rede Europeia de Capitais Verdes:  

network@europeangreencapital.eu