Bolsas de Estudo no Chile e na Europa 2020-2021 | Organização Europeia para a Investigação Astronómica no Hemisfério Sul (ESO)

Postal da ESO desenvolvido para ilustrar as bolsas

A  Organização Europeia para a Investigação Astronómica no Hemisfério Sul (ESO) é a principal Organização Intergovernamental de Astronomia da Europa. É composta por cerca de 110 astrónomos, 40 bolsistas e 40 estudantes de doutoramento, que realizam investigação de alta qualidade, em áreas que vão de exoplanetas a cosmologia, oferecendo um dos ambientes científicos mais colaborativos e estimulantes do mundo.

As Bolsas de estudo da ESO podem ser realizadas na sede, em Garching, Alemanha, ou no Centro de Astronomia da ESO, em Santiago, Chile. 

Objetivos

O programa de bolsas de estudo oferece uma excelente oportunidade para os alunos de doutoramento conduzirem a sua investigação, num ambiente científico qualificado num dos principais observatórios do mundo.

Condições gerais de admissão

As bolsas de estudo estão abertas a alunos matriculados num programa de doutoramento em astronomia ou áreas relacionadas (astrofísica observacional, teórica e fundamental). Os bolsistas trabalham no seu projeto de estudos, sob a supervisão formal da universidade de origem, mas devem vir trabalhar e estudar para a ESO, sob a supervisão de um astrónomo.

Duração

Até dois anos.

Candidatura

Dependendo do número de vagas, pode existir dois prazos de inscrição anuais: até 31 de maio (início da bolsa entre agosto do mesmo ano e março do ano seguinte); até 30 de novembro (início entre março e agosto do ano seguinte). A candidatura é efetuada em linha.

Subsídio base mensal

Informaçãos sobre o salário, as horas de trabalho, o seguro de saúde, a pensão, etc., consulte as condições gerais de trabalho na ESO

Júri

O processo de recrutamento é feito por um comité de seleção, presidido por Astrónomos do Corpo Docente da ESO e por um ou mais bolsistas séniores. 

Existem dois comités de seleção independentes, um para Garching e outro para Santiago.

Critérios de seleção

A excelência científica do candidato e dos programas de investigação propostos são os principais critérios de seleção. No Chile, são também consideradas as capacidades técnicas, observacionais ou de software, conhecimento astronómico em geral, independência e sentido de responsabilidade. 

Contactos

Para mais informações em Garching: Paola Andreani, pandrean@eso.org

Para mais informações em Santiago: Linda Schmidtobreick, email: ischmidt@eso.org   

Vídeo

Documentos

Brochura das bolsas [en]
1022.12 KB