Novo Programa Erasmus para a Administração Pública

Formação gratuita (em linha) de curta duração, ministrada pela  Escola Europeia de Administração, sobre o funcionamento das principais instituições da União Europeia e o papel dos Estados-Membros no processos de decisão. É dirigida a funcionários recentes das administrações públicas nacionais, regionais ou locais que  se ocupem de assuntos relacionados com os vários domínios das políticas Europeias.

Pessoa a assistir a uma videoconferência

Trata-se de formação de curta duração proposta pela Comissão aos Estados-Membros e dirigida a funcionários recentes das administrações públicas nacionais, regionais ou locais, que trabalhem há mais de 6 meses e menos de 5 anos, num domínio da política europeia.

Os objetivos são aumentar os conhecimentos sobre a União Europeia, compreender as perspetivas dos outros Estados-Membros, fomentar a cooperação administrativa entre os Estados-Membros e as Instituições e criar uma rede de contactos.

Na sequência do impacto da pandemia de COVID-19, que causou o cancelamento de duas sessões presenciais do Programa «Erasmus para a Administração Pública» em 2020 (junho e outubro), a Escola Europeia de Administração optou por um formato em linha do Programa no primeiro semestre de 2021.

Este novo formato permitirá a participação de 20 candidatos por Estado-Membro, num total de 500 participantes.

Candidaturas em 2021

As candidaturas para a 1ª sessão de 2021 decorreram até ao dia 12 de fevereiro de 2021.
Os candidatos devem ser nacionais de um Estado-Membro da União Europeia (UE), ser funcionários da administração pública há pelo menos 6 meses e recrutados há menos de 5 anos e devem desempenhar funções relacionadas com políticas europeias no contexto da administração pública nacional e ter bons conhecimentos de inglês para efeitos profissionais. A formação decorre de 25 de fevereiro a 8 de junho de 2021, numa base semanal, por videoconferência zoom. 

Informações úteis

Se pretende enviar uma candidatura a este Programa de Formação, verifique se cumpre todos os requisitos e consulte as informações oficiais que lhe disponibilizamos.

Destinatários/requisitos:

  • Nacionais dos Estados-Membros da União Europeia;
  • Funcionários do setor público (nacional, regional ou local);
  • Licenciados;
  • A trabalhar na Administração pública há mais de 6 meses e menos de 5 anos;
  • Não ter tido um estágio/formação ou uma experiência de trabalho em organismos da União Europeia;
  • Bons conhecimentos de inglês.

Critérios de seleção:

  • Destinatários/requisitos;
  • Trabalhar num «gabinete europeu» ou num domínio da política europeia (no contexto da administração pública);
  • Bons conhecimentos de inglês para efeitos profissionais;
  • Equilíbrio de género.

Candidaturas:

  • Datas são anunciadas no Portal Eurocid.
  • CV em formato europeu (inglês ou francês);
  • Carta de motivação na mesma língua do CV, assinada à mão;
  • Autorização/Não oposição (modelo em baixo);
  • Enviar para: candidaturas.europeias@mne.pt

Período de formação em linha:

  • 1ª sessão de 25 de fevereiro a 8 de junho de 2021.

Programa da formação:

  • Vídeoconferências zoom, semanais (ver programa da 1ª sessão em baixo).

Custos:

  • Custos suportados pelo serviço de origem, não existirá contrapartida financeira paga pela Comissão Europeia.

Notas adicionais:

  • Formação com direito a certificado.
  • Máximo 500 participantes por sessão, 20 por cada Estado-Membro.