Lema da União Europeia - 22º Aniversário

Cerimónia de proclamação da divida da união europeia

O lema (ou divisa) da União Europeia é «Unida na diversidade».

Em maio de 2000, um júri europeu, composto por um representante de cada Estado-Membro (Mário Soares representou Portugal), escolheu a expressão "Unidade na diversidade" na sequência de um concurso público onde participaram 80.000 jovens.

O Projeto de Tratado que estabelece uma Constituição para a Europa, que não chegou a ser ratificado, propunha no artigo I-8.º os símbolos da União adotando «Unida na diversidade» como lema. Esta formulação foi a adotada posteriormente no Tratado de Lisboa.

Evoca a forma como os europeus se uniram e constituíram em união para trabalhar em conjunto pela paz e pela prosperidade, sem esquecer a diversidade de culturas, tradições e línguas que nos caracterizam. Este símbolo, tal como os outros, promove a Identidade Europeia.

A Bélgica, a Bulgária, a Alemanha, a Grécia, a Espanha, a Itália, Chipre, a Lituânia, o Luxemburgo, a Hungria, Malta, a Áustria, Portugal, a Roménia, a Eslovénia e a Eslováquia declaram que a bandeira constituída por um círculo de doze estrelas douradas sobre fundo azul, o hino extraído do "Hino à Alegria" da Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, o lema "Unida na diversidade", o euro enquanto moeda da União Europeia e o Dia da Europa em 9 de Maio continuarão a ser, para eles, os símbolos do vínculo comum dos cidadãos à União Europeia e dos laços que os ligam a esta.

Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia - Declarações anexadas à Ata Final da Conferência Intergovernamental que aprovou o Tratado de Lisboa assinado em 13 de Dezembro de 2007 - Declaração (...) relativa aos símbolos da União Europeia.


Imagem: Parlamento Europeu