Prémio BIAL de Medicina Clínica

Miniatura

A Fundação BIAL, constituída em 1994 pelos Laboratórios BIAL, em conjunto com o Conselho de Reitores das Universidade Portuguesas, tem como missão incentivar o estudo científico do ser humano saudável, tanto do ponto de vista físico como espiritual.

 

Objetivos

O prémio visa recompensar uma obra intelectual original de índole médica, com tema livre e dirigida à prática clínica, que represente um trabalho com resultados de grande qualidade e relevância.

 

Destinatários

Pelo menos um dos autores tem de ser médico nacional de um país de expressão oficial portuguesa.

Não são admitos a concurso:

  • Trabalhos publicados sob a forma de artigos ou teses;
  • Obras de autoria ou coautoria de colaboradores da Fundação BIAL ou de qualquer empresa do grupo BIAL.

 

Como participar

As candidaturas, elaboradas em língua portuguesa ou inglesa, devem ser formalizas mediante o preenchimento de um formulário de candidatura.

 

Critérios de avaliação

Compete ao Presidente do Júri apreciar se cada obra candidata à participação se coaduna ou não com os termos do regulamento. Considera-se candidato quem não tenha recebido qualquer comunicação de não admissibilidade no prazo de 40 dias após a data da apresentação da candidatura.

O prémio será atribuído à candidatura que, na opinião do júri, represente um trabalho com resultados de grande qualidade e relevância.

 

Prémio

O prémio tem o valor pecuniário total de 100 000 EUR, acrescido da publicação do trabalho numa primeira edição exclusiva, pela Fundação BIAL para distribuição gratuita a profissionais de Saúde. O regulamento prevê ainda a possibilidade de atribuição de duas Menções Honrosas, no valor de 10 000 EUR cada.

A fase de avaliação por parte do júri está, neste momento, a decorrer.

 


Esta informação não dispensa a consulta do regulamento oficial. Os pedidos de informação devem ser dirigidos à respetiva entidade, cujo contacto se encontra no sítio Internet do prémio.