Prémio Carlos Magno

Logótipo do Prémio Carlos Magno

No Outono de 1944, Aachen foi a primeira cidade da Alemanha Ocidental a ser libertada pelas forças aliadas. A vida quotidiana era difícil devido às dificuldades materiais, mas a população procurava uma nova direção moral e espiritual.

Anteriormente a 1949, as organizações inicialmente formadas pelos Estados europeus ocidentais trabalhavam em conjunto, como por exemplo, o Conselho da Europa, a OCDE e o Pacto de Bruxelas. No entanto, os britânicos romperam as negociações, em 1948, com o governo francês e o trabalho de desenvolvimento no Conselho da Europa terminou no ano seguinte, e, consequentemente, os esforços de integração da Europa Ocidental ficaram mergulhados numa crise profunda.

Estas condições inspiraram um grupo de cidadãos de Aachen, uma cidade alemã, a invocar a unidade europeia a 19 de dezembro de 1949. O fundador, o Dr. Kurt Pfeiffer, aproveitou o simbolismo da época do Natal e do ano jubilar  anunciado pelo Papa para sugerir um "prémio atribuído anualmente para a contribuição mais valiosa da compreensão da Europa Ocidental".

A ideia de Pfeiffer foi um sucesso. Após alguns dias, o anúncio do prémio surgiu e a Fundação do Prémio Internacional Carlos Magno foi criada em março de 1950. A  primeira atribuição ocorreu a 18 de maio de 1950, ao fundador do movimento pan-europeu, o conde Richard Coudenhove-Kalergi.

O Prémio Carlos Magno foi o primeiro prémio político concedido na República Federal da Alemanha.
 

Objetivos

O Prémio Carlos Magno homenageia o trabalho excecional realizado ao serviço da unidade europeia. A contribuição pode ser feita nas áreas de literatura, ciência, economia, ou política.


Destinatários

O Prémio Carlos Magno distingue, desde 1950, personalidades que tenham contribuído para a unidade do continente europeu.


Laureados

Consulte os laureados aqui. Em 2019, o prémio foi atribuído a António Guterres. Guterres foi o primeiro português a ser galardoado com o Prémio Carlos Magno.

 

Esta informação não dispensa a consulta do anúncio e regulamento oficial. Os pedidos de informação devem ser dirigidos à respectiva entidade, cujo o contacto se encontra no sítio Internet do concurso.