Prémio Criarte AEJ, 2022

Prémio Criarte

O ano de 2022 foi designado como o «Ano Europeu da Juventude» visando dinamizar os esforços da União Europeia, dos Estados-Membros e das autoridades locais, regionais e nacionais, em conjunto com a sociedade civil, de capacitar, honrar, apoiar e dialogar com os jovens, numa perspetiva de pós-pandemia COVID-19, tendo em vista um impacto positivo a longo prazo.

O Ano Europeu da Juventude 2022, entre vários objetivos, coloca em evidência a importância da juventude europeia para a construção de um futuro melhor e o seu papel na construção da visão, dos valores e dos princípios europeus, salientando que é o momento de avançar com confiança e esperança numa perspetiva pós-pandemia.

O Prémio Criarte AEJ, 2022 visa promover e estimular, junto dos e das jovens, a partir do 3.º ciclo, a criação literária ou artística alusiva ao AEJ, premiando os trabalhos mais criativos e inovadores.

Objetivos

O Prémio tem como objetivo a utilização da criatividade e imaginação para criar «mensagens» sobre o Ano Europeu da Juventude, utilizando todas as combinações de «artes» possíveis.

  1. Evidenciar a importância das transições ecológicas e digitais para uma perspetiva renovada para o futuro dos jovens
  2. Apoiar e incentivar os jovens, especialmente aqueles com menos oportunidades, provenientes de zonas desfavorecidas ou de grupos vulneráveis, por forma a que se tornem cidadãos ativos e empenhados, bem como atores de mudança
  3. Promover oportunidades para os jovens, decorrentes das iniciativas locais, regionais, nacionais e europeias, destinadas a apoiar o seu desenvolvimento pessoal, social e profissional num mundo ecológico, digital e inclusivo

Destinatários

Podem concorrer jovens cidadãos/ãs portugueses/as ou estrangeiros/as residentes em Portugal, dos 12 aos 25 anos (inclusive). Os trabalhos podem ser apresentados em grupo ou individualmente.

Candidatura

O prazo para a apresentação das candidaturas decorre de 3 de agosto a 31 de dezembro de 2022 (novo prazo de candidatura).

A candidatura é efetuada com o preenchimento do formulário em linha e envio do trabalho, com a sinopse e a declaração de autorização de participação (no caso de menor) para o e-mail criarte.aej@ipdj.pt (atenção às regras do artigo 3.º e artigo 5.º do Regulamento).

Temas

Podes escolher o tema e a forma do teu trabalho. Podes abordar os seguintes temas:

  • Valores Europeus;
  • Solidariedade com a Ucrânia;
  • Juventude e o Mundo;
  • Saúde, Bem-Estar e Desporto;
  • Clima e Ambiente;
  • Intercâmbio de Aprendizagens;
  • Literacia Mediática e Desinformação;
  • Inclusão e Igualdade;
  • Digital;
  • Participação e Compromisso;
  • Educação e formação;
  • Cultura;
  • Economia e Finanças;
  • Emprego;
  • Investigação e Inovação;
  • Programas da UE para a Juventude;
  • Outras iniciativas intersectoriais (local, regional, nacional e europeu) relevantes para a juventude.

O formato do trabalho é também à tua escolha. Pode ser sob a forma de:

  • Escrita;
  • Arquitetura;
  • Desenho;
  • Escultura;
  • Pintura;
  • Música;
  • Dança;
  • Teatro e cinema, nas mais variadas combinações.

Critérios de avaliação

A qualidade dos trabalhos admitidos a concurso é avaliada, pelo júri, de acordo com os seguintes critérios e ponderações:

  • Respeito pelos temas identificados no artigo 1.º - 20 %;
  • Originalidade, criatividade e inovação - 40 %;
  • Clareza da Mensagem - 30 %;
  • Adequação/correção linguística - 10 %.

Prémios nacionais

Em cada região de Portugal (sete regiões – Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira) serão atribuídos dois prémios:


Esta informação não dispensa a consulta do regulamento oficial. Os pedidos de informação devem ser dirigidos à respetiva entidade, cujo contacto se encontra acima indicado.