Prémio Imprensa Nacional/Ferreira de Castro, 2022

Prémio INCM - Ferreira de Castro 2021

Ferreira De Castro, nasceu em Oliveira de Azeméis. Aos 12 anos embarca sozinho para o Brasil. Aí, testemunhou a exploração dos indígenas, dos pobres e dos emigrantes. De regresso a Portugal, instala-se em Lisboa, onde foi jornalista, fundando vários jornais e revistas e colaborando com outras tantas publicações. Notabilizou-se com as obras: Emigrantes, de 1928 e A Selva, de 1930 – que durante décadas foi um dos livros mais lidos e traduzidos da literatura portuguesa e, inclusive, adaptado posteriormente ao cinema. Ferreira de Castro, chegou mesmo a ver o seu nome proposto ao Nobel da Literatura, em 1951.

A Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM), em parceria com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, lança a 4ª edição do Prémio Imprensa Nacional/Ferreira de Castro, dando continuidade à sua missão, enquanto editora pública, de promoção e preservação do património da língua e da cultura portuguesas.

O galardão tem uma periodicidade anual e distingue trabalhos inéditos nas áreas de Ficção e Poesia.

Objetivos

O concurso visa selecionar trabalhos inéditos de grande qualidade nos domínios da ficção e da poesia, apresentados por portugueses e lusodescendentes residentes no estrangeiro. Procura difundir o património cultural e artístico expresso em língua portuguesa, produzido por portugueses e lusodescendentes, residentes no estrangeiro, e promover a língua portuguesa, assim como prestar às comunidades portuguesas dispersas pelo mundo o justo reconhecimento pelas atividades diversas que desenvolvem nos seus países de acolhimento.

Destinatários

  • Os participantes devem ser portugueses e lusodescendentes residentes no estrangeiro
  • As obras concorrentes devem ser assinadas com pseudónimo do autor e devem ser inéditas
  • As obras concorrentes devem ser remetidas online conforme indicado no nº 2 do artigo 6º deste Regulamento
  • Não podem concorrer ao Prémio pessoas com vínculo ao MNE nem com vínculo à INCM

Candidatura

Os candidatos deverão submeter o seu trabalho através de candidatura em linha, utilizando o formulário disponível.

Prémio

O prémio consiste na edição da obra premiada, assim como uma componente pecuniária de 5.000 euros.

Júri

O júri é composto pelo académico Carlos Reis (que o preside), pela editora-chefe da Imprensa Nacional, Paula Mendes, e pela professora universitária Fátima Marinho.

Contacto

Todas as informações adicionais relacionadas com o Prémio devem ser solicitadas através do e-mail: in.ferreiradecastro@incm.pt.

Vencedores anteriores

2021 - O Resto do Meu Nome, de Alexandra Barreiros, portuguesa a residir em Genebra, na Suíça

2020 - Trabalho em poesia A Parte pelo Todo, de Mónica Auer, portuguesa a residir na Alemanha

2019 - Em ex- aequo, as obras Não Viajarei por Nenhuma Espanha, do lusodescendente Marcus Quiroga Pereira (1954-2020), e Uma Casa no Mundo, de Irene Marques, portuguesa a residir em Toronto (Canadá)


Esta informação não dispensa a consulta do regulamento oficial. Os pedidos de informação devem ser dirigidos à respetiva entidade, cujo contacto se encontra acima indicado.

Documentos

Regulamento do prémio 2022
135.6 KB